Blog

mais novidades aqui »

Saiba tudo sobre a catarata

Ficar com a visão embaçada causa uma sensação muito ruim. Você perde a capacidade de ler ou dirigir, não consegue diferenciar as cores e pode até achar que a televisão perdeu a nitidez, quando, na verdade, sua vista que está prejudicada. É isso que pacientes com catarata relatam no consultório, em especial pessoas acima dos 40 anos e idosos.  A catarata faz com que o cristalino (a lente natural dos nossos olhos) fique opaco — o aspecto original é transparente — o que dificulta a visualização das imagens.  A boa notícia é que a cirurgia de catarata pode reverter todo esse quadro e trazer de volta a qualidade de vida ao paciente — inclusive em casos mais graves de cegueira. Se quiser entender melhor sobre a doença antes de prosseguir com a leitura, é só conferir este artigo.

PTERÍGEO: CONHEÇA MAIS SOBRE

A "carninha"no olho pode acometer pessoas de todas as idades, das jovens até idosos.

Conjuntivites: Características e Fatores de Risco

Conjuntivites: Características e Fatores de Risco

Cuidados com as alergias oculares

Tratamento com base nos fatores que causam as alergias é o mais indicado.

A Catarata pode aparecer na Infância?

Apesar de freqüentemente acometer idosos, a catarata também é uma das principais causas de cegueira infantil, segundo relatórios da OMS...

Você sabia que a Catarata tem cura?

A visão embaçada assusta muita gente e com razão. A Catarata, principal responsável por esse sintoma, pode levar a cegueira...

O YAG Laser

Você sabe o que é o YAG Laser? O YAG laser é um exame indicado e realizado no tratamento de...

Curiosidades e informações sobre a Catarata.

A catarata é uma opacificação do cristalino do olho que causa diminuição lenta da capacidade visual.

Exame Oftalmológico em Crianças

Outubro é o mês das Crianças, você sabia que é muito importante que elas também façam um exame da visão periodicamente?

Mês e Dia do Doador de Órgãos.

Setembro é o Mês do Doador de órgãos...

Veja todos as postagens »

Saiba tudo sobre a catarata

Ficar com a visão embaçada causa uma sensação muito ruim. Você perde a capacidade de ler ou dirigir, não consegue diferenciar as cores e pode até achar que a televisão perdeu a nitidez, quando, na verdade, sua vista que está prejudicada. É isso que pacientes com catarata relatam no consultório, em especial pessoas acima dos 40 anos e idosos. 

A catarata faz com que o cristalino (a lente natural dos nossos olhos) fique opaco — o aspecto original é transparente — o que dificulta a visualização das imagens. 

A boa notícia é que a cirurgia de catarata pode reverter todo esse quadro e trazer de volta a qualidade de vida ao paciente — inclusive em casos mais graves de cegueira.

Se quiser entender melhor sobre a doença antes de prosseguir com a leitura, é só conferir este artigo.

De acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, as principais causas de cegueira incluem catarata, erros refrativos não corrigidos e glaucoma.

Informações gerais 

• 90% dos casos de cegueira ocorrem nas áreas pobres do mundo; 

• 60% das cegueiras são evitáveis; 

• 40% das cegueiras têm conotação genética (são hereditárias); 

• 25% das cegueiras têm causa infecciosa; 

• mais de 20% das cegueiras já instaladas são recuperáveis.

A catarata acomete mais de 65 milhões de pessoas no mundo.

A catarata e os erros de refração não corrigidos são as duas principais causas de deficiência visual reversível, representando 75% de toda deficiência visual, e são mais frequentes entre os grupos etários mais velhos. 

A proporção de cegueira devido à catarata, em relação a todas as outras doenças oculares, varia de 5% na Europa Ocidental, América do Norte e nos países mais desenvolvidos da Região Oeste do Pacífico a 50% ou mais em regiões mais pobres. O principal fator de risco para o desenvolvimento da catarata é o envelhecimento. Outros fatores de risco frequentemente associados são trauma nos olhos, certas doenças (por exemplo uveíte), radiação ultravioleta, diabetes e tabagismo. A perda da capacidade laborativa por catarata é mais frequente nos países em desenvolvimento que nos países industrializados. 

A cirurgia de catarata, com a inserção de uma lente intraocular, é altamente eficaz, resultando em quase imediata reabilitação da visão. 

Catarata Senil 

Define-se assim a catarata que ocorre, sem outra causa evidente, após os 50 anos de idade. A prevalência de catarata senil é de 17,6% nos menores de 65 anos; 47,1% no grupo entre 65-74 anos e 73,3% nos indivíduos acima de 75 anos. Apesar da constatação de que, mesmo nos países desenvolvidos, a catarata senil ainda é a maior causa de cegueira, esta continua sendo a principal forma de catarata e a mais prevalente em países em desenvolvimento e com piores condições econômicas. 

Políticas de combate à cegueira por catarata visam aumentar a oferta de cirurgias de catarata, especialmente em países em desenvolvimento. Governos, Sociedades Científicas, Instituições Acadêmicas e Organizações Não Governamentais estão envolvidas no esforço mundial para aumentar a quantidade de cirurgias de catarata realizadas, incluindo o Brasil.

Entenda como é feita a cirurgia da catarata

O principal objetivo da cirurgia é justamente remover o que está causando a visão embaçada, que é o cristalino danificado.

Como funciona o procedimento? Basicamente, o cirurgião irá aspirar o cristalino danificado por uma microscópica incisão  e logo em seguida substituí-lo por uma lente nova, artificial e intraocular.

Para isso, é utilizada a técnica de facoemulsificação (que irá remover a catarata).

Por meio de uma espécie de caneta fina e delicada, se faz pequenas incisões (em torno de 3mm) no cristalino para facilitar a remoção da catarata e, logo após, a facoemulsificação retira e aspira os fragmentos da doença, por meio de um equipamento ultrassônico.

A partir daí, é só implantar a lente intraocular (que pode ser dobrável ou não, dependendo do caso).

Vale ressaltar que um outro aspecto muito importante da cirurgia de catarata é a higienização durante todo o procedimento — antes, durante e depois.

Esse padrão rigoroso com a limpeza é essencial, visto que a principal forma de contaminação nesse tipo de cirurgia é por meio das floras bacterianas do corpo*, tanto do paciente quanto do próprio médico.

*a flora bacteriana contempla todas as bactérias que estão por cima da pele do nosso corpo e que são muito importantes para a defesa do organismo. Porém, em contato direto com o olho, podem resultar em infecções e complicações na cirurgia.

Esse é, inclusive, um dos motivos pelos quais é recomendado fazer a cirurgia em um olho de cada vez a fim de diminuir ainda mais os riscos de infecções.

No pós-operatório da moderna cirurgia de catarata não é necessário colocar um tampão em cima do olho do paciente. A orientação geral, durante esse período, é não pegar pesos ou mergulhar em piscinas/mar por, no mínimo, 1 mês.

Benefícios da cirurgia da catarata para você

Para você ter uma ideia, antigamente era necessário esperar que a doença evoluísse para poder fazer a cirurgia.

Hoje, com o avanço das tecnologias e a modernização dos aparelhos, já é possível retirar a catarata em seu estágio inicial, evitando as consequências graves que a doença pode trazer no dia a dia.

E é sempre bom reforçar: quando mais cedo for diagnosticada a doença, mais simples e segura é a cirurgia, e melhor é a recuperação.

Além disso, o procedimento ainda conta com vários outros benefícios, como:

  • Cirurgia rápida: em torno de 20 minutos;
  • Sem internação: o paciente já recebe alta em até duas horas depois da cirurgia;
  • Técnica segura e de alta qualidade;
  • Baixo risco: menos de 1% das cirurgias causa alguma complicação grave;
  • Resultado definitivo: a catarata não volta depois do procedimento;
  • Sem dores durante e após a cirurgia: é feita uma anestesia local, com uso de colírios e com uma sedação leve diretamente na veia ou no olho (alguns pacientes, inclusive, dormem durante o procedimento);
  • Não há risco de rejeição das lentes intraoculares;
  • Sem necessidade de pontos: por serem feitas incisões tão pequenas, o próprio olho cicatriza rapidamente.
  • É possível corrigir o grau dos óculos com a cirurgia de catarata.

 

E mais: o efeito é imediato! Logo após a cirurgia de catarata você já enxergará tudo melhor novamente.

Está interessado em fazer a cirurgia de catarata? Então agende agora mesmo uma consulta na Clínica de Correção da Visão para fazermos uma avaliação do seu caso. 

Quanto custa a Cirurgia de catarata?

Em cumprimento ao Código de Ética Médica é inadequada a divulgação de preços de Cirurgias, média de valores ou planos de financiamento.

“Cabe ao médico, após os procedimentos de diagnósticos e indicação terapêutica, estabelecer o valor e o modo de cobrança de seus honorários, observando o contido no Código de Ética Médica, referente à remuneração profissional.” Fonte: artigo 3.º da Resolução do CFM nº. 1.836/2008.

Para consulta de valores é agendando uma avaliação, em que o oftalmologista analisará o caso. Havendo indicação para Cirurgia é que os custos e formas de pagamento serão apresentados e discutidos. Entre em contato e agende sua avaliação. 

A Clínica de Correção da Visão também realiza a cirurgia de cataratas por meio de diversos planos de saúde, como a Unimed, Saúde Caixa, Omint, Cassi, Bradesco Saúde, Economus e Solumed.

Agende já sua consulta pelo Whatsapp 16 98804-3541 - pelo link https://tinyurl.com/rtvhz3p

ou ligue para 16 3625-6411.

Se você ainda possui alguma dúvida sobre o assunto, entre em contato conosco através de nossos canais de atendimento e fale com nossos especialistas em Cirurgia de Catarata da Clínica de Correção da Visão